FÉ, O REMÉDIO CONTRA A ANSIEDADE

“Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros…”
Mt 6.30
A ansiedade é o estrangulamento da alma, a asfixia da mente e a sepultura da fé. Ansiedade é sofrer antecipadamente, olhando para o futuro como um monstro que nos assusta no presente. Muitas pessoas vivem atormentadas pelo medo do que lhes possa acontecer na vida: o que vão comer, o que vão vestir, onde vão morar? A ansiedade é inútil, pois não melhoramos nossa qualidade de vida hoje ficando ansiosos em relação ao futuro. Aliás, a ansiedade longe de nos fortalecer, nos enfraquece, drenando nossas forças e desidratando nossa esperança.

A ansiedade é prejudicial, pois o sofrimento antecipado pode ser inútil (caso o que se teme não aconteça) e também pode ser sobrecarga, pois se o que se teme de fato acontecer, sofrer-se-á duas vezes. A ansiedade é uma clara demonstração de incredulidade. Jesus disse que os gentios que não conhecem a Deus é que se preocupam com o futuro. Aqueles, porém, que confiam em Deus, buscam em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça, sabendo que as demais coisas lhes serão acrescentadas.

A ansiedade cresce porque a fé diminui. A ansiedade só domina onde a fé já foi embora. A fé é o antídoto contra a ansiedade. A fé em Deus nos capacita a enfrentar o futuro, a confiar em suas promessas e a descansar em seus braços.

Referência para leitura: Mateus 6.25-34
Algacir Júnior

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail