Sobre o nosso Futuro

Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece.” (Tiago 4:14)

Como será o amanhã? Quantas vezes, ao longo de sua vida você ouviu essa pergunta?

O ser humano, desde os primórdios da civilização, sempre indagou sobre o futuro. Até mesmo Saul, homem escolhido por Deus para liderar o povo judeu, houve por bem consultar as cartas, como se diz hoje, para indagar sobre o futuro. Algumas pessoas não saem de casa antes de dar uma consultada no horóscopo.

Não faz muito tempo, as emissoras de televisão a cabo apresentaram uma série de documentários enfocando diversas hipóteses sobre o fim dos tempos. Uma delas baseava-se em uma suposta profecia dos maias, povo que, por sinal, não sobreviveu para ver o seu cumprimento. Antes, se auto-extinguiu, mergulhado num banho de sangue segundo alguns estudiosos.

Recentemente a mídia divulgou um evento denominado “lua de sangue” que, coincidindo com o alinhamento de alguns planetas, indicaria o fim do mundo. Pura bobagem, já que esse fenômeno se repete de tempos em tempos e nunca aconteceu nada de significativo durante sua ocorrência. Nesse dia, como sempre, pessoas morreram e pessoas nasceram, ou seja, para uns o mundo acabou e para outros apenas começou.

Alguém já disse que não é prudente deixarmos que os temores pelas incertezas de amanhã, nos roubem as alegrias de hoje, já que ninguém sabe com exatidão o que acontecerá amanhã.

Há algum tempo a mídia noticiou o falecimento de uma vidente, que teria previsto o desastre em que morreram os integrantes de certo grupo musical. Não noticiaram, entretanto, que a mesma senhora previra uma estrondosa vitória de certo ídolo numa corrida de automobilismo, fato que não se consumou, em razão do trágico falecimento deste na mesma prova.

Portanto, se alguém lhe disser que sabe o que ocorrerá amanhã, ele está apenas jogando com as regras das probabilidades.

Eu, por exemplo, de vez em quando, por brincadeira e sempre ao acaso, ”acerto” o sexo de uma criança antes dela nascer; isso, às vezes, deixa os distraídos pais impressionados. Como ele sabe, indagam alguns?  Simples, explico depois, a probabilidade de acertar é de uma em duas. A chance de acertar nessas condições é bem grande. Também tenho a “infalível” forma de “acertar”, quando asseguro ao pai, em particular, que será um menino e, à mãe, também em particular, que será menina. Não tem erro… Se me questionam depois, alego que um dois não entendeu direito o que foi dito. E assim são os vaticínios, que em geral correspondem ao que os ouvintes querem ouvir.

Conta-se que certa vez um poderoso rei procurou um oráculo para saber qual seria o resultado de uma guerra que ele iria desencadear no dia seguinte contra um outro poderoso rei. Após meditar por um longo tempo, o oráculo lhe assegurou que no dia seguinte um grande império seria destruído. O rei, vaidoso, não percebeu que o oráculo “subira no muro”, foi à guerra, onde foi derrotado. O oráculo “acertou” ao dizer que um reino seria destruído. Como eram dois reinos e ele não sabia a resposta, “esqueceu” de dizer a afoito rei qual dos reinos iria à ruína.

Conheci uma pessoa que lia o horóscopo todo dia, e não era incomum ela chegar ao trabalho em pânico, quando a consulta não lhe era favorável. Certo dia eu lhe disse que o fato de não sabermos o futuro era um a dádiva de Deus, e que foi para nosso bem que Deus determinou isto, objetivando nos deixar livres do medo e do pânico. O fato de somente Deus saber as respostas sobre o futuro não é motivo para nos preocuparmos. Se nós crermos e confiarmos nele, ele nos proporcionará salvação e alívio nas dificuldades. Deixemos, portanto, o futuro em Suas sábias mãos.

Se ainda assim, o futuro o preocupa, lembre-se das palavras de Jesus, que recomendou àqueles que o ouviam que não ficassem preocupados com o dia de amanhã e que deixassem esse dia sob os cuidados de Deus; que cuidassem apenas do dia de hoje, para fazer a obra e santificarem-se a Deus.

GC Russi

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail