A fé que não desiste

“… Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou sã”
Mt 15.28
Jesus estava caminhando pelas terras de Tiro e Sidom, quando uma mulher aflita, com sua filha endemoninhada, foi ao seu encontro e clamou por compaixão. Jesus ficou em silêncio e os discípulos de Jesus, perturbados com a abordagem da mulher, rogaram a Jesus para despedi-la. A mulher, longe de desistir de sua causa, continuou clamando por misericórdia. Jesus rompeu o silêncio e disse que não era bom tomar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos.

A mulher, humildemente, adorou a Jesus e disse que desejava pelas migalhas que caíam da mesa. Jesus, então, se voltou para a mulher e exaltou a sua fé, dizendo: “Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou sã”.

Destacamos algumas lições: a identificação dessa mulher com o drama de sua filha. Ela não roga misericórdia para a filha, mas diz: “Tem compaixão de mim”. A dor de sua filha era a sua dor. A insistência dessa mulher. Ela não ficou desanimada com o silêncio de Jesus nem com a hostilidade de seus discípulos. Quando Jesus disse que primeiro tinha que dar pão para os filhos, ela disse que se contentava com as migalhas. A vitória dessa mulher. Jesus atendeu seu pedido, curou sua filha e exaltou sua fé. Nunca desista de ver um milagre de Deus em sua vida.

Referência para leitura: Mateus 15.21-28

Fonte: LPC

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail