Bom tesouro!

“O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca”. Lucas 6:45.

A Bíblia faz menção (dentre outros) de dois mares, que na realidade não são mares como pensamos, mas são lagos. O mar morto e o mar da Galiléia.

O mar morto, na verdade é um lago salgado que não possui saída e a evaporação é que controla suas dimensões e tem acumulado uma taxa incrivelmente alta de sal, matando toda espécie de vida. Ele possui uma profundidade média de 390m e seu ponto mais profundo tem 410m. Ele fica a incríveis 369 m abaixo do nível do mar Mediterrâneo.

O outro é o da Galiléia, que também trata-se de um lago, conhecido como mar da Galiléia (Mateus 4:18) ou mar de Quinerete (Números 34:11) ou lago de Genesaré (Lucas 5:1) ou ainda Tiberíades (João 6:1 – (em honra ao imperador Tibério)), portanto quando estivermos falando de qualquer destes termos, trata-se do mesmo lugar. Por sua vez, este lago possui água potável; portanto vida!

Bem, o mar Morto ou Salgado, segundo afirmam, é o ponto mais baixo da terra. Sua maior característica: NÃO POSSUI VIDA e tudo o que chega ali, “morre” ali.

Já o lago de Genesaré ou mais conhecido como mar da Galiléia, é vivo, não somente recebe seus afluentes e águas de chuva, como dá vazão a estas águas, tornando terras férteis e cultiváveis, assim é um gerador de vida.

Sendo sinceros e aplicando um paralelo com nossas vidas, podemos sugerir a nós mesmos que somos pessoas parecidas com qual tipo de lago? Mar morto aonde tudo que chega morre. Onde não há vida; só pessimismo, murmuração; reclamação a ponto de outras pessoas se sentirem mal quando estão por perto, inclusive evitando-nos, pois já sabem que a lamúria se faz presente. Ou somos tipo lago de Genesaré (Genesaré significa Jardim das Riquezas), onde se encontra vida, traz vida e oferece vida e gera vida? Onde pessoas tem o prazer de estarem, pois, sabem que sempre ouvirão uma palavra de ânimo, de conforto, de esperança, algo que edifica algo de bom?

…O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca…

Por Vilson Ferro Martins – www.vozdotrono.com.br

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail