Quem temerei?

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?” – Salmo 27:1.

O salmista já afirmou que “lâmpada para nossos pés é Sua Palavra e luz para nossos caminhos” (Salmo 119:1-05) … Ele estava afirmando que no Senhor há um tipo de luz sempre presente para o momento atual e para o futuro!

Agora, ele vai afirmar sobre a luz do Senhor, Sua salvação e força que repelem o temor (medo) e o receio (preocupação).

Muitas vezes não nos damos conta que Deus não conhece a tristeza, o pesar, a decadência como nós conhecemos. Lógico que Ele conhece, pois nada Lhe é oculto, todavia, vamos entender: Ele não conhece do ponto de vista humano sentido na carne, se deixando estressar ou tornando depressivo, digamos, mas quando O procuramos na oração e comunhão diárias, Ele se deixa encontrar e nos sustenta com Sua mão de poder, pois, Seu Filho veio a este mundo e sabe muito bem o que é padecer. A própria Palavra afirma: “Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum” – (Isaías 53:3).

É por isso que somos convidados a procurá-lo a todo momento e principalmente no vigor da mocidade. Ele sabe que em meio a esta fase da vida de qualquer ser humano, acontecem muitas e muitas situações que poderão marcar o restante da vida de cada um.

Quantos acontecimentos funestos e coisas ruins são evitadas na medida em que conhecemos a Deus e fazemos dEle a nossa salvação e a força de nossas vidas!

A vida vai nos envelhecendo, entretanto, por outro lado, o espírito humano NÃO envelhece. Apenas o corpo envelhece, mas o espírito, ao contrário, ele aumenta o conhecimento, desenvolve compreensão das coisas e vai nos tornando em tudo, mais experientes.

Sendo o Senhor a força em nossas vidas, consequentemente não conheceremos a decadência, a frustração, a depressão, no sentido de elas venham nos enlear e nos arraste para o fundo do poço.

Nosso Senhor usa situações e experiências, às vezes não tão doces, para nos lapidar, para nos provar, a fim de que nos apresentemos de maneira aprovada e tenhamos até mesmo, forças para oferecer uma mão amiga a outros. Ele é o ontem, hoje e eternamente, portanto, Ele é o mesmo. Não é nem mais nem menos. Ele sempre É na medida certa!

O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei OU o que recearei?

——————-

por Vilson Ferro Martins – www.vozdotrono.com.br

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail