Nunca Mais o Mesmo

Estava andando de carro com o som ligado sem prestar muita atenção para as músicas que estavam tocando quando fui atraído pelo seguinte refrão, cantado pela Fernanda Brum:
“Quem já pisou no Santo dos Santos

Em outro lugar não sabe viver

E onde estiver clama pela glória

A glória de Deus
(Fernanda Brum – O Que a Tua Glória Fez Comigo)

Lembrei-me que muitos anos atrás afirmei durante uma pregação que “quem experimenta o amor e o perdão de Deus de verdade nunca mais volta a ser a mesma pessoa”. Na verdade o apóstolo Paulo afirma isso quando diz: “Assim, se alguém está em Cristo é nova criatura; as coisa antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” (1 Coríntios 5:17).

Experimentar o amor e o perdão de Deus deixa marcas “inapagáveis” na estrutura de uma pessoa. Ainda que queira abandonar o Senhor e deixar de andar em seus caminhos esta pessoa sabe, em cada experiência que tem, que nada a satisfará mais. Tudo que fizer será comparado à experiência com o Senhor e nada chegará ao nível de poder dizer que é melhor.

Lembro-me de ter feito um trabalho para uma pessoa que havia sido pastor e, por causa de decepções humanas, havia abandonado o ministério e desistido da vida cristã. Tentava demonstrar entusiasmo quando falava do trabalho que fazíamos mas dava para perceber a dor quando tentava justificar suas decisões. Eu tinha a impressão que a qualquer hora poderia pegar nas mãos a “saudade” que ele transpassava quando falava dos tempos em que pregava o evangelho e experimentava o mover de Deus. Nada que ele estava experimentando, e na época eu desconfiei que estava usando drogas, além de um relacionamento extra-conjugal, o estava satisfazendo.

Por quê? Ora, simples:

Ele havia experimentado o que de mais maravilhoso, impactante e transformador alguém pode experimentar: o amor salvador de Jesus Cristo e o mover santificador do Espírito Santo.

Quem experimenta isso de verdade, nunca mais será o mesmo.

Pode virar as costas para o evangelho, pode parar de frequentar as reuniões da sua igreja, pode parar de ler a Bíblia, pode evitar se encontrar com os amigos cristãos, mas toda vez que parar para pensar e analisar a vida vai se lembrar, com um toque de dor no coração, como foi bom o tempo que deixava o Senhor agir em sua vida e das experiências que tinha quando andava com Deus. Vai se sentir para sempre esvaziado de verdadeiro significado.

Mas a mesma graça que salvou está disponível para restaurar. Se você se sente assim, saiba que é possível voltar para o Senhor e experimentar novamente o Seu perdão. Assim como o filho pródigo, que reconheceu o vazio que estava vivendo, nós também podemos reconhecer nossas mal-fadadas decisões e voltar para a casa do Pai. Quase com certeza teremos que arcar com as consequências de nossos atos, mas podemos contar com o perdão de Deus e com a Sua presença para restaurarmos a comunhão com Ele e voltar a andar em Seus caminhos e experimentar o mover Dele em nossa vida.

“Senhor, eu experimentei o Teu amor e perdão e agora nada mais na vida tem o mesmo valor ou significado. Restaura em mim o amor por Ti e me enche do Teu Espírito Santo para que eu possa andar na Tua presença.”

Fonte: ICHTUS

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail