“A coroa da justiça me está guardada.” (2 Timóteo 4.8)

Ó crente duvidoso, talvez você já tenha dito em alguns momentos: “Temo nunca entrar no céu”. Não tema! Todo o povo de Deus entrará no céu. Aprecio muito a exclamação singular de um crente que estava às portas da morte: “Não tenho medo de ir para casa. Todas as coisas que importam para mim já estão lá.

A mão de Deus já está girando o trinco de minha porta. Estou pronto para que Ele entre”. Alguém lhe perguntou: “Você não tem receio de perder seus bens?” Ele respondeu: “No céu, existe uma coroa que o anjo Gabriel não pode usar. Não caberá na cabeça de ninguém, exceto na minha. Lá existe um trono no qual o apóstolo Paulo não pode assentar-se. Foi feito para mim; eu o receberei”. Ó crente, que pensamento repleto de alegria! A sua porção está garantida! “Resta um repouso para o povo de Deus” (Hebreus 4.9).

“Mas, é possível que eu a perca?” Não, ela está reservada em seu nome. Se eu sou um filho de Deus, não a perderei. Ela é tão minha como se eu já estivesse lá. Venha comigo, crente, assentemo-nos no cimo do monte Nebo e contemplemos a terra dos santos, a terra de Canaã.

Veja aquele pequeno rio da morte, cintilando aos raios do sol. E, depois dele, você pode contemplar os pináculos da cidade eterna? Pode observar a terra agradável e seus felizes habitantes? Esteja certo de que, se você pudesse ir até lá, veria escrito numa das mansões da cidade: “Este galardão pertence àquele que é preservado por Deus apenas. Ele será levado, a fim de habitar com Deus eternamente”. Ó crente duvidoso e pobre, contemple a sua herança gloriosa.

Ela é sua. Se realmente crê no Senhor Jesus, se já experimentou o arrependimento de seus pecados e já foi regenerado em espírito, você é um dos membros do povo de Deus. Existe um lugar reservado para você, uma coroa e uma harpa lhe estão preparadas. Ninguém tomará a sua porção, ela está reservada no céu para você, que logo a terá. Na glória, não haverá tronos vazios, quando todos os santos estiverem reunidos.

Devocional Diário: Charles Spurgeon
Fonte: Voltemos ao Evangelho

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail