Compartilhando o que se tem

Compartilhar. Esse tem sido um dos aspectos importantes do ministério da Missão Vida. Em mais de três décadas de trabalho ininterrupto, temos nos esforçado para dividir com internos, mantenedores e obreiros todas as nossas conquistas e aflições. Compartilhamos sonhos e projetos, vitórias e desafios, dificuldades e sofrimento. O dicionário diz que compartilhar é participar de, ter ou tomar parte em algo. E acreditamos que a força que faz mover essa engrenagem de ação social e evangelismo é o ato de partilhar esse trabalho com milhares de pessoas.

Ao longo de todos esses anos, tenho contado e recontado histórias de experiências vividas na Missão Vida. Não me canso de falar do ministério ao qual dedico a maior parte do meu tempo e da minha atenção. Sinto-me privilegiado por tornar públicos os milagres que vivenciamos todos os dias. Os episódios da panela de arroz que, apesar da pequena quantidade do produto cru, foi suficiente para alimentar dezenas de homens; e do poço artesiano que, a despeito das previsões técnicas, foi perfurado no local exato e obteve um resultado excepcional são apenas alguns dos fatos em que o amor e a misericórdia do Senhor se manifestaram diante de nossos olhos.

Mas, nossos maiores e mais significativos milagres são os homens que deixam para trás uma vida de dor, miséria e sofrimento e passam a trilhar seus caminhos com dignidade e fé. A Missão Vida tem sido um oásis no deserto para centenas de mendigos sedentos por um gesto de amor e uma oportunidade. E, a cada unidade inaugurada, ampliamos as possibilidades para que essas pessoas sejam alcançadas, recuperadas e reintegradas.

Totalmente filantrópica e mantida por meio de doações, todo o processo de recuperação é oferecido gratuitamente aos ex-mendigos. Com estas ações, compartilhamos amor e solidariedade. E cada doação que recebemos é uma demonstração de que ainda existem pessoas interessadas em dar a alguém um pouco do que possuem. Por favor, continue me ajudando, mesmo em dias cinzentos, quando tudo parece incerto. Sua ajuda por menor que seja tem feito diferença.

E, nesse mesmo contexto, não posso deixar de mencionar aqueles que decidiram doar suas vidas para ajudar, amparar e abençoar. A Missão Vida tem, atualmente, quase 200 missionários trabalhando em dedicação exclusiva. São homens e mulheres que abriram mão da possibilidade de receberem maiores salários e abraçaram a missão de cuidar e servir. Seja nos núcleos de recuperação, nas unidades de saúde e educacional ou no escritório administrativo, esses profissionais, em suas áreas específicas, utilizam seus conhecimentos e habilidades em prol de um objetivo maior: recuperar homens de rua.

A esses anjos de carne e osso que tornam o processo de recuperação e assistência social uma realidade, a minha gratidão e admiração. E a você, leitor das minhas news letters, deixo o desafio de conhecer e investir em instituições que realizem um trabalho sério e transparente. Compartilhe seu tempo como voluntário, seus recursos como mantenedor, suas preces como intercessor. Compartilhe e você verá que, nesses casos, dividir significa multiplicar solidariedade e somar bênçãos.

Que Deus abençoe sua vida dando-lhe um ano de 2016 extraordinário.

Com fé e esperança,

Rev. Wildo dos Anjos

Presidente e fundador da Missão Vida

Agenda de Janeiro/16

22/12 a 09/01…………….. Férias

10 a 12 …………………….. Reunião semestral de líderes (Cocalzinho/GO)

17……………………………. Igreja Presbiteriana Central (Anápolis/GO)

23……………………………. Aniversário e inauguração do núcleo da MV Bahia

24……………………………. Igreja Batista Jerusalém (Salvador/BA)

29 a 31……………………… Final de Semana Especial (Cocalzinho e Anápolis/GO)

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail