Somos justificados em Cristo Jesus

Gálatas 2 – Paulo exortava para a grande importância da doutrina da salvação SOMENTE pela graça, mediante a fé. Alguns cristãos judeus acreditavam que os gentios tinham que ser circuncidados para fazerem-se judeus antes de se tornarem cristãos para pertencerem ao povo escolhido de Deus.

Pela lei do Antigo Testamento, a circuncisão era a marca distintiva do judeu e o último passo na conversão de um gentio à religião judaica. Paulo era totalmente contra esse ensino; a carta aos gálatas, do começo ao fim, ele fala que somos justificados pela fé em Cristo somente. A liberdade que a salvação nos dá não é liberdade par pecar, mas liberdade da maldição que a lei profere sobre o pecado, sobre a escravidão ao pecado e a maldição que a lei profere sobre aqueles que pecam.

Jesus nos libertou da lei pelo ingresso na comunidade do povo da Aliança com Deus (a Igreja) que ocorre somente pela fé que é dada de graça por Deus. Qualquer tentativa de condicionar a salvação à exigência alguma, nega a suficiência da fé nos méritos de Cristo para satisfação da justiça de Deus e constitui-se em perversão ao Evangelho. Pedro foi relutante em aceitar os gentios, tinha um pouco de preconceito. Mas, por revelação de Deus, ele entendeu que a salvação era para TODOS.

Jesus Cristo nos amou tanto, que se entregou para morrer por nós. O que podemos fazer , senão crermos e vivermos para Ele? Que a sua vida reflita o amor de Jesus às pessoas!

EVANGELHO PRÁTICO: Diga à alguém, que precisa ouvir, que você a ama! Deus lhe abençoe!

(E.D.S.)

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail