Não venceremos meia batalha

Estamos atravessando o túnel enorme e profundo da crise, crise na família, crise na igreja, crise financeira, crise do desemprego etc. Diante destes desafios, qual é a resposta que temos para a crise?

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes,inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão.”1Co 15.58.Quando Paulo escreveu estas palavras estas pessoas também enfrentavam suas crises e sentiam-se inseguros em relação à vida, diante disso a palavra de Paulo para todos é de que deveriam “ser firmes e inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor…”.

A nossa Igreja hoje também possui uma palavra de ânimo e segurança para nossa geração, pois somos a expressão exata do amor de Deus revelado na fraqueza de cada um que compõe esta igreja, observemos três atitudes necessárias:

1. Ser determinados – Somente conseguiremos vencer os obstáculos e as crises que nos cercam se realmente possuirmos uma visão determinada de nossos objetivos, e para isso é preciso responder algumas perguntas: onde estamos, onde queremos chegar e como faremos isso?Paulo estava reafirmando o ensino sobre a vida depois da morte, diante da maior ameaça que persegue o ser humano , o ensino é que para a morte existe a solução que é a ressurreição para vida eterna, por isso é preciso determinação diante de qualquer desafio ou crise, pois o pior que podemos imaginar tem solução.

2. Ser perseverantes – Saber somente que existe ressurreição e vida eterna não responde as expectativas de nossos corações e muito menos nos mantém na rota certa, é preciso perseverança, persistência, insistência mesmo frente a possíveis derrotas, pois as batalhas virão e virão e virão até o fim de nossos dias, ninguém pode ou deseja ganhar apenas meia batalha, é preciso vencer a batalha toda, Jesus venceu a batalha toda e por isso Paulo podia afirmar sobre a necessidade de sermos perseverantes.

3. Ser produtivos – Somos convidados a produzir, multiplicar,ser abundantes diante do que recebemos e desfrutamos por causa do amor de Deus,eis a razão porque Paulo nos convida a produção: “…abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão.”, a igreja que somos nós, cada membro do corpo de Cristo, deve empreender-se em realizar o serviço que Deus concede a cada um, a resposta para vencermos a batalha toda , é sermos determinados, perseverantes e produtivos.

Rev. Janderson Silva

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail