Evidenciando Salvação

“De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor; porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” – Filipenses 2:12-13.
Deus é surpreendentemente maravilhoso, não?

Ele não força ninguém, tampouco obriga quem quer que seja segui-Lo, adorá-Lo, amá-Lo. Pelo contrário, Ele deixa o homem livre e bem à vontade para procurar Seus caminhos ou ignorá-los.

O apóstolo Paulo salienta: “Operai a vossa Salvação com temor e tremor, porque Deus é quem opera em nós tanto o querer, como o efetuar”.

– “Operai a vossa salvação” – E pôr em prática a fé!
– “PORQUE Deus é quem opera…” Aqui entr a o trabalho de Deus, na vida de cada um!

Operar a salvação não significa que obteremos salvação através de práticas como boas obras, ritos e cerimonias bem orquestradas. A salvação É TOTALMENTE e somente pela graça. (Efésios 2:8-9)

Operar a salvação significa que somos feitura Sua (de Deus), criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.

Assim, devemos lembrar de que nós noutro tempo éramos gentios na carne, e que naquele tempo estávamos sem Cristo, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora em Cristo Jesus, nós, que antes estávamos longe, já pelo sangue de Cristo chegamos perto.

Ora, o exercício da vontade humana, que equivale dizer o exercício da fé, é que contribuirá para cada um operar a nossa salvação, numa demonstração externa de algo que de fato ocorreu internamente.

Somos salvos pela graça d e Deus, portanto, evidenciamos isso operando nossa salvação!

Operar a salvação é, em resumo, evidenciá-la em e com nosso viver!

Pr. Vilson Ferro Martins
Fonte: www.vozdotrono.com.br

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail