Perseverança Cristã

Atos 24 – A perseguição contra Paulo era acirrada. Não tinham como o pegar, então o acusavam de encrenqueiro, líder de seita de má reputação e uma pessoa que ameaçava profanar o templo, que era sagrado para os judeus. Paulo se defende. Os cristãos eram identificados como seguidores de Jesus de Nazaré (Nazaré pode ter sido um termo de desprezo).

Paulo assegura a Félix que, como Judeu ele seguia uma religião protegida por Roma; como seguidor do “Caminho”(nome dado aos cristãos), Paulo servia “ao Deus de nossos pais” e cria na ressurreição dos mortos. Como cidadão romano, Paulo tinha certa liberdade. Sem desanimar ou desistir, ele seguia com vida pura e reta diante de Deus e dos homens.

Que assim sejamos cada um de nós, comprometidos com Jesus e Seu Reino, apesar de qualquer dificuldade ou provação!

EVANGELHO PRÁTICO: ore para que o Espírito Santo lhe traga a memória alguém, e ligue para essa pessoa falando uma palavra de Amor, peça para orar por ela. Apresente-a diante do Pai pedindo bênçãos sobre sua vida! Creia que o Senhor vai lhe usar para abençoar alguém que esteja precisando muito.

E.D.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail