Reter a Sinceridade!

“Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre” – Jó 2:9.
Sinceridade!

Palavra essa de extrema importância na Bíblia Sagrada; tanto que estaremos discorrendo sobre a mesma por algumas mensagens.

No grego “eilikrinéia”, que significa “transparência”; “clareza solar”; “não adulteração”

O que a sinceridade pode proporcionar ao seu detentor, já que motivos para não sermos sinceros não faltam?

Observemos por exemplo Jó. Um homem riquíssimo, poderoso e influente que num dia só perde TUDO o que tem, restando-lhe apenas a vida e a esposa. Bem, como sabemos que é melhor serem dois, certamente sua esposa estaria ali ao seu lado para lhe ajudar passar por tão desafiador momento, todavia, ela lhe diz: “Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre”.

Por que ela lhe disse para negar exatamente a sinceridade para com seu Deus?

É, parece que em alguns momentos de extrema tensão em nossa vida, parece que o melhor é morrer e de uma vez por todas escapar da situação, entretanto, não seria isso deixar de reter a sinceridade e continuar a amar o Senhor?

“Ora, pelo uso contínuo, as peças das máquinas se gastam; do mesmo modo, pelas constantes irritações das circunstâncias exteriores, a nossa alma poderá perder as suas genuínas formas. É somente na conservação do equilíbrio íntimo do nosso espírito com o do Senhor, que podemos evitar as distorções. O exterior é tudo aquilo que os homens veem ou percebem. Mas o interior, o que vai dentro da alma, é o mais vital. “O homem olha as aparências, mas Deus vê o que está no coração”. E é no coração que a sinceridade precisa ser mantida a todo custo. Nenhuma alegria terrena possui significação suficiente para ser a ela comparada. Nunca se poderá trocar a sinceridade ou a integridade por outro qualquer adorno moral, por mais atraente que se mostre. A paz interior jamais poderá ser substituída pelo contentamento exterior.

Tu és a pérola que não pode ser trocada pela areia”. (Frances J. Roberts).

Jó reteve a sinceridade, mesmo que sua companheira o estimulasse a fazer exatamente o contrário, e Deus lhe restitui tudo em dobro.

Continuaremos a falar sobre a sinceridade, com a graça de Deus!

Por Pr. Vilson Ferro Martins
Fonte: www.vozdotrono.com.br

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail