A VIDA E SUA BREVIDADE!

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios” – Salmos 90:12.

Moisés, o escritor do Salmos 90, foi considerado amigo de Deus e falava com Deus face a face, todavia nem assim ele se furtou de clamar ao Senhor que o ensinasse a contar seus dias de vida para alcançar coração sábio. O que é um coração sábio? É aquele que se prepara não somente para essa realidade que vive, mas também se prepara para a eternidade. Ele ainda diz: “Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; passamos os nossos anos como um conto que se conta. Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando” (vv 9,10). Existe uma multidão de pessoas que passam a vida, tentando criar um legado a ser deixado para posteridade.

Fazem “coisas” para serem lembradas e gostam das cerimônias que envolvem e glorificam seus nomes. Isso é próprio do homem! As homenagens são simplesmente esquecidas e ficam apenas guardadas em mídias ou em algum canto da memória de um ou de outro. Aquele que trabalha em prol de construir e deixar uma herança, apenas visando isso aqui na terra, está apenas correndo atrás do vento.

Uma utilização sábia do tempo é trabalhar em prol de um legado eterno. Não somos posto e sustentado por Deus aqui na terra, apenas para sermos lembrados, mas para nos preparar para a eternidade. Deus não irá nos perguntar sobre nossos antecedentes religiosos ou nossa visão doutrinária; mas perguntará o que fizemos com a vida que Ele nos deu, juntamente com as dádivas, oportunidades, energia, relacionamentos, talentos e os recursos. Ensina-nos, SENHOR, a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios! Amém!

Pr. Vilson Ferro Martins
Fontewww.vozdotrono.com.br

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail