8 Fatos sobre o Número 666

Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis. (Apocalipse 13:18)

A forma como as pessoas lidam com o número descrito em Apocalipse 13:18 é de certa forma curioso. Cercado de superstições e boatos, muitos encaram como um sinal do mal. Seguem 10 fatos sobre esse número que você deve saber:

666 significa, literalmente, um nome

O número “666” é o número do nome do anticristo. Dar um número a um nome é chamado de “gematria”, que é a prática grega de somar as letras o nome de alguém.

Em latim, esta prática é chamada de “isopsefismo”. Cada letra na língua grega tem um equivalente numérico. Adicione as letras e obtenha o número do nome.

Os gregos usavam a prática do nome ser um número em suas vidas diárias

Assim como muitos casais marcam as suas iniciais em algum lugar, os jovens amantes da Grécia e de Roma usavam gematria para expressar seus relacionamentos. Por exemplo, uma inscrição em uma parede em Pompei se lê: “Eu amo a menina cujo número é 545.”

Claro, é muito fácil ter um nome e transformá-lo em um número. É muito mais difícil pegar um número e transformá-lo novamente em um nome. Transformar o número em um nome é a chave para desbloquear o nome do Anticristo.

Nas letras do grego, hebraico e latino antigo, os números seguiam a ordem do alfabeto.

Por exemplo, em grego, Alpha é um, Beta é dois e assim por diante.

As letras em grego para “Nero” (Neron) somam até 1005.

No entanto, se as letras gregas para Nero César (Neron Kaisar) são transliteradas para o hebraico (nrwn qsr), os números das letras somam 666 (50 + 200 + 6 + 50 + 100 + 60 + 200 = 666).

O original 666 não foi escrito como nós o escrevemos

O número da besta “não foi escrito exatamente os 3 numerais 6”. Em vez disso, as letras foram escritas na íntegra como letras do alfabeto.

Os manuscritos gregos (na realidade cópias de um protótipo que, ainda que outros discutem a originalidade, foi escrito em hebraico) escrevem a frase como χξϛ´ (666 em forma numérica grega) ou algumas vezes ἑξακόσιοι ἑξήκοντα ἕξ (“seiscentos e sessenta e seis”, por extenso).

Muitos intérpretes consideram o imperador romano Nero como o “anticristo” de Apocalipse 13

Primeiro porque o número de seu nome é 666, segundo porque ele infligiu o horror “semelhante ao Anticristo” sobre os cristãos do primeiro século.

Alguns consideram Nero como um Anticristo histórico e que nós não devemos esperar um futuro anticristo.

Tal conclusão, porém, não representa o entendimento unânime entre as Igrejas Cristãs, que entendem que o conteúdo tratado por João Evangelista são de acontecimentos futuros (PROFECIAS) à época da transcrição do Apocalipse.

Alguns intérpretes consideram o número aplicável ao passado e ao futuro

Outros intérpretes, consideram o Livro do Apocalipse como histórico e preditivo para futuros eventos (este é o princípio da dupla realização da profecia).

Este fato não é novo na Bíblia e ocorre em Isaías, Jeremias e outros, onde algumas de suas profecias se referiam ao tempo em que estavam vivendo e também a época de Jesus Cristo.

Segundo esse ponto de vista, Nero era realmente um “anticristo”, bem como um tipo ou imagem do futuro futuro do anticristo – cujo nome de número também irá adicionar até 666.

O número 6 é o número do homem

O número “6” na Bíblia é freqüentemente associado ao homem; Assim como o número “7” é o número perfeito e o “3” muitas vezes se correlaciona com a Trindade.

666 é, portanto, um número que é consistentemente o oposto da perfeição tripla: 777. O número também se refere à “trindade profana”, Satanás, a Besta e o Falso Profeta.

616 também foi mencionado

Alguns primeiros manuscritos identificam o número-nome do anticristo como 616 (em vez de 666).

Ao omitir o “n” final no nome de Nero em grego, transliterando esse nome para o hebraico e, em seguida, somando as letras, o número de Nero e do Anticristo vindouros somam até 616.

Independentemente do número, Nero é o único nome que pode representar 666 e 616.

Fonte: Bíblia Comentada

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail