Evangelista Hebron Santos sofre infarto fulminante e morre aos 29 anos

O evangelista Hebron Santos faleceu na última quarta-feira, 11 de abril, vítima de um infarto fulminante, aos 29 anos de idade. Ligado à Assembleia de Deus, o pregador atuava na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Hebron Santos era conhecido das igrejas de São Gonçalo, pois mantinha uma disputada agenda de pregações em diversas congregações. Pastor da Assembleia de Deus Despertando Vidas, ele era casado com Pamela Mendes Santos.

A informação sobre sua morte foi publicada nas redes sociais pela denominação. Outras lideranças religiosas e fiéis publicaram mensagens de pesar pela partida precoce do evangelista.

O pastor Natanael Eufrasio, amigo de Hebron, expressou sua tristeza pela partida do colega de ministério: “Deus resolveu colher um filho que adotamos em nosso ministério. Um servo de Deus, um amigo, uma simpatia sem tamanho”, pontuou.

“Sua história pode até ter sido meteórica nesta terra, mas vai ficar para sempre marcada em nosso coração. A história de um jovem homem de Deus que passou por aqui e andou tão pertinho de Deus que Ele para si o tomou. Vai com Deus amigo Hebron Santos e até logo”, acrescentou o pastor Eufrasio.

Emocionada, a viúva do pastor Hebron publicou um depoimento em tom de desabafo: “Deus pediu o meu Isac! A minha melhor oferta está agora no altar. A minha oferta tinha nome, história, legado, conduta, santidade, intimidade, a minha oferta tinha forma. Por isso Deus quis!”, afirmou.

“E eu? Como eu fico depois de entregar o que mais amava nessa vida? Eu fico com a fumaça. A fumaça é ruim? Depende do ponto de vista do ofertante. Mas se o ofertante também tem nome, tem forma, tem história, tem conduta, tem legado, tem santidade, será que Deus também o quer como sacrifício? TOMARA! ESTOU ANSIOSA PARA SER ENTREGUE LOGO”, concluiu Pamela.

Fonte: Gospel+

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail