O carrasco medo !

“No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor” – I João 4:18.

Ah! O temor ou medo! Como apanhamos dele se permitirmos ele se assenhorar de nós.

A palavra grega para temor é “phobos”, de onde provem a palavra fobia e que significa “Eu temo, pavor, reverência, tenho medo, aterrorizado”.

A sociedade como um todo vive a síndrome do medo. Medo do desemprego, medo de assalto, de ficar só, medo de doenças e por aí vai. Nisso é possível ver toda manifestação da palavra “fobia”, conforme mencionada acima.

Entretanto, ao olharmos para o ponto de vista divino para com Seus filhos, Deus JÁ disse que o perfeito amor, lança fora todo temor.

Ele é o perfeito amor. Ele é amor. Ele amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho, a saber, Jesus Cristo para que todo o que nEle crer não pereça mas tenha a vida eterna.

Este “Não pereça” é já no presente. É para se desfrutar agora, já, neste momento em todos os sentidos.

Embora saibamos disso com nossa mente, com nosso coração inúmeras vezes somos açoitados pelo carrasco chamado medo. Será que o fato de nos tornarmos refém do medo irá nos tornar mais vitoriosos? Em absoluto! A vitória está exatamente em não nos tornarmos refém dele.

Uma passagem que reflete bem esta verdade se encontra narrada em Gênesis 13 envolvendo Abrão e Ló. Abrão NÃO se deixou levar pelo medo diante da possibilidade de uma mudança de vida radical que se despontava no horizonte. Ele simplesmente se tornou o carrasco do medo quando pela fé afirmou que pouco importava ir para a direita ou para a esquerda. Sua fé está no Deus que servia e não nas circunstâncias que se apresentavam diante dele. Sabemos bem o fim da história (e caso não saiba leia e medite no capítulo 13 e 14 de Gênesis).

Quando permitimos e pela fé cremos que Deus está no centro de nossas vidas, Ele assume a responsabilidade de lançar fora todo o medo, pois, tanto encontraremos Ele à direita ou à esquerda; a frente ou na retaguarda; em cima ou embaixo; ou seja, em todos os lugares.

Uma vida confiante reflete a verdade do Salmos 91:7 que afirma: “Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti”.

Não é exatamente num contexto de “medo e temor” que o Espírito Santo está destilando essas doces palavras de consolo e segurança?

Entreguemos “nosso” caminho ao Senhor, confiemos nEle e Ele agirá de modo perfeito para não deixar que o infortúnio chegue até nós.

Fonte: http://vozdotrono.com.br

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail