John Piper diz que há familiares “desesperados para ouvir” o Evangelho através de nós

O pastor e escritor John Piper tocou em um assunto de grande importância durante um evento em que teve a oportunidade de pregar, que é a necessidade do cristão evangelizar os seus familiares, apresentando a eles o graça de Deus através de Jesus Cristo.

Piper esteve na conferência The Gospel Coalition este ano e destacou uma triste realidade, que é o fato de muitos familiares apenas terem ouvido falar de Jesus, mas nunca terem tido a oportunidade de realmente aprender sobre o Evangelho com um membro da própria família.
“Eles podem ter ouvido falar de Jesus, ou visto alguém compartilhar versos bíblicos nas mídias sociais, mas eles podem nunca ter ouvido a mensagem da graça que todos nós estamos desesperados para ouvir”, explicou o pastor, segundo o portal Faith Wire.

Muitos cristãos imaginam que apenas por dizer acreditar em Deus, seus familiares estão salvos, o que não é verdade. Reconhecer Jesus Cristo como Senhor e Salvador, se arrepender e confessar a Ele os pecados, assumindo um compromisso de obediência aos seus mandamentos, é a única condição, algo que precisa ficar claro.

“Comece simplesmente compartilhando com eles” esse Evangelho, ensina John Piper , destacando a importância de ser preciso nessa mensagem, focando na pessoa de Cristo. “Compartilhe com eles como Jesus sofreu por nós, como Ele morreu por nós e como Ele ressuscitou para nós”.
Se referindo a Cristo, Piper incentiva os cristãos a compreenderem à profundidade do significado que é falar sobre o Filho de Deus. “Você não vê? Esta é a maior pessoa que já existiu. Isso é beleza. Isso é glória. Isso é valor. Isso é tudo. Você não vê?”, questiona o pastor.

Por fim, o teólogo explica que é necessário falar também sobre o que acontecerá após à morte neste mundo, enfatizando que a real felicidade não está nas coisas materiais que conquistamos na terra, mas sim na promessa da eternidade no reino espiritual.

“Depois de falar sobre a vida eterna, conte sobre a glória que virá do retorno de Jesus, que é importante para os cristãos negar a si mesmos e olhar para Deus”, disse ele, mostrando que “guardar tesouros na Terra não é nada comparado ao que o Céu promete”.

Fonte: Notícias Gospel+

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail