“O evangelho não está à venda”: Benny Hinn está abandonando o evangelho da prosperidade?

Toufik Benedictus “Benny” Hinn, 66 anos, é um televangelista israelense e um dos mais notórios defensores de uma teologia profundamente destrutiva conhecida como “evangelho da prosperidade”.

Ele realiza “Cruzadas de milagres” em estádios ao redor do mundo, depois as transmite em seu programa de TV “This Is Your Day”.

Um dos pilares de seu ensino é que, se os cristãos tiverem fé em Jesus e obedecerem à Palavra de Deus (que geralmente envolve doações substanciais em dinheiro para seu ministério), Deus promete boa saúde, riqueza e felicidade.

Construído com o retorno financeiro de seus apoiadores, aos quais é prometido uma bênção material se contribuírem para o ministério de Hinn, ele tem um estilo de vida notoriamente luxuoso, incluindo duas mansões multimilionárias, um chef pessoal, uma frota de Mercedes Benz e coisas como uma conta de hotel de US $ 4.000 por noite, durante a escala de um voo, dando gorjetas de US $ 2.000 ao concierge e aos mensageiros.

Recentemente, no entanto, Hinn deu uma guinada impressionante no carismático programa Your Loveworld. Dizendo que hoje tudo o que você ouve é uma “mensagem de bem-estar” de “como construir o corpo”, tudo sobre “sentir-se bem, fazer bem, ganhar dinheiro”, disse ele, “estou corrigindo minha própria teologia e todos vocês precisam saber disso”.

Ainda que ele tivesse visto a necessidade de mudar já há algum tempo, ele explicou que ainda não havia tornado isso público para evitar ferir os amigos que se apegam a essa visão. Agora, porém, ele acha que “é uma ofensa ao Espírito Santo colocar um preço no evangelho”.

“Para mim chega. Nunca mais pedirei a vocês para dar mil ou qualquer outra quantia, porque acho que o Espírito Santo está farto disso. . .. Eu acho que isso fere o evangelho”.

Ele disse que não se importa mais com o que as pessoas pensam dele e reconhece que agora já não receberá mais tantos convites. “Se eu ouvir mais uma vez, ‘Acabe com todas as suas dívidas com mil dólares’, vou repreendê-los. Eu acho que estão comprando o evangelho. Isso é comprar a benção. Isso está entristecendo o Espírito Santo. “

Quem doa deve fazê-lo simplesmente porque ama a Jesus, ou não deveria dar.

“Acho que dar tornou-se um truque que está me deixando mal do estômago.”

“Acho que é hora de declararmos o seguinte: o evangelho não está à venda. E as bênçãos de Deus não estão à venda, e milagres não estão à venda. E prosperidade não está à venda”.

Costi Hinn, sobrinho de Benny Hinn e pastor de discipulado na Redeemer Bible Church em Gilbert, Arizona, é o autor do livro recente, God, Greed and the Prosperity Gospel: How the Truth Overwhelms a Life Built on Lies. (Deus, ganância e o evangelho da prosperidade: como a verdade oprime uma vida construída com mentiras).

Christian News procurou por ele em busca de suas reações e ele ofereceu uma perspectiva cautelosamente otimista – cheia de esperança, mas não ingênua:

“Fui encorajado por sua refutação franca do evangelho da prosperidade. Sinceramente, espero e oro para que esse seja o começo do arrependimento para ele e uma mudança nestes anos posteriores em sua vida e ministério”.

Hinn disse ao Christian News que espera que seu tio esteja genuinamente arrependido e não apenas com remorso. Ele disse que Hinn, no passado, se arrependeu de declarações e decisões apenas para posteriormente retomar seu comportamento não-bíblico.

“O arrependimento genuíno da Bíblia é sempre acompanhado por ações que provam que é realmente arrependimento”, afirmou, explicando que o arrependimento seria semelhante ao do relato de Zaqueu, que subiu em uma árvore em sua ânsia de ver Jesus.

“Jesus o salva e vai para sua casa naquele dia, e está disposto a fazer uma refeição com ele e mostrar-lhe amor e graça em meio ao seu passado e seu pecado”, lembrou. “E Zaqueu reage pulando de alegria, animado para retribuir às pessoas, animado para fazer o que for preciso para seguir Jesus e mostrar seu genuíno arrependimento por meio de suas ações”.

Hinn observou que a Bíblia diz que o amor é acreditar em todas as coisas e esperar todas as coisas (1Co 13.7), e que o anúncio de segunda-feira deve ser tratado de acordo com isso. O tempo dirá, disse ele, se a transformação é real ou não.

“Meu desejo é que a declaração do tio Benny não seja apenas um remorso público para salvar a pele ou proteger seu ministério do declínio”, afirmou, “mas que seja um arrependimento genuíno e que ele esteja disposto a abandonar tudo se isso significa ganhar a Cristo e o evangelho por inteiro”.

Por: Justin Taylor. © The Gospel Coalition. Website: LINK. Traduzido com permissão. Fonte: ‘The Gospel Is Not for Sale’: Is Benny Hinn Abandoning the Prosperity Gospel?

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail