Escolha baixar a guarda

A primeira escolha sábia é PERDOAR. A segunda escolha sábia que você pode fazer para viver de forma plena e abundante é a de baixar a guarda.

Ao longo da vida, levantamos um escudo emocional e psicológico que tem como objetivo nos proteger de situações com potencial de nos ferir. Isso acaba nos levando a assumir uma posição defensiva. Para se proteger do sofrimento, muitas mulheres erguem muralhas emocionais, que as protegem, de fato, mas as isolam e as lançam numa vida solitária.

Não há solução para esse bloqueio emocional a não ser baixar a guarda e tornar-nos vulneráveis à dor da ferida. Como cristãs, devemos sempre viver na verdade, pela verdade e para a verdade. Assim, devemos enfrentar a dor que for, sem ficar na defensiva o tempo inteiro. Até porque, no intuito de resolver a sua ferida, você pode se machucar muito mais.

Se você deseja ser transformada, saindo do nível em que está agora e subindo a outro patamar, terá de aceitar seu verdadeiro eu, com o entendimento de que seu verdadeiro eu sente dor. A melhor coisa que você pode fazer é permitir que essa verdade venha à tona.

Quando o fizer, a verdade começará a libertá-la. E lembre-se de que, em toda situação, você pode contar com o poder sobrenatural de Jesus Cristo.

Texto base: 2 Coríntios 12:5-10 – “Nesse homem me gloriarei, mas não em mim mesmo, a não ser em minhas fraquezas.
Mesmo que eu preferisse gloriar-me não seria insensato, porque estaria falando a verdade. Evito fazer isso para que ninguém pense a meu respeito mais do que em mim vê ou de mim ouve.
Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar.
Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim.
Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.
Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte.”

Adaptado de Devi Titus, Escolhas inteligentes para melhorar sua vida (Mundo Cristão, 2019)

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail